domingo, agosto 28, 2011

Etapas do fim de um relacionamento

Um relacionamento termina, e ai como cada um se vira?

Mulheres:

Ainda não caiu a ficha: Ela não consegue dormir, não está acreditando que isso está acontecendo e assim fica procurando uma solução. Apesar de tudo ela ainda o quer e chorar é consequência do que o coração não consegue segurar.

Lema de vida: Eu nunca mais vou amar ninguém. Ela só sente um vazio e não prospecta muita coisa. Ela fica fria e não quer ver filmes, músicas ou saber de coisas relacionadas a sentimentos melodramáticos.

Sou linda e não sabia: Redescobrindo o Amor Próprio. Ela quer mais que o resto se exploda e sim viver a vida intensamente. Autoconfiança, quer sair, conhecer gente, sem se apegar a ninguém, provar como você é linda e ter a certeza de quem perdeu não foi você.

Não acredito que estou vivendo isso: Sem perceber aparece alguém na vida dela e ela lembra como era bom gostar de alguém. Ela se arrisca a sofrer tudo de novo e o outro? Fica no passado.

Homens:

Começar do zero: LIBERDADE! No começo ficamos com raiva, mas descontamos em bebidas e mulheres por ai. Ligamos para nossos amigos que havíamos “perdido” por causa do namoro e tentamos reconquistar os convites para sair. Queremos conhecer mulheres e matar a saudade da solteirice.

COMO EU SOU FELIZ: Saímos todos os dias e a pergunta que mais nos fazemos é: “Por que namorei tanto tempo?”  Mulheres nos ligando, mensagens, conquistas e principalmente reencontrando o nosso poder de conquista.

Ruim com, pior sem: Já foi o que tinha que ser, virou rotina sair e você começa a cansar dessa vida. Você só quer alguém para conversar e falar como foi o seu dia de trabalho. Quando sai com seus amigos volta e meia seu assunto é sobre a sua “ex”.

Perdi um tesouro? Sinceramente as coisas estão sem graça e você começa a lembrar dela por qualquer coisa. Você começa a comparar todas as outras com ela, enxerga defeito em todas e vê como o orgulho nem sempre é o melhor caminho.

Obviamente existem vários casos e motivos totalmente diferentes desses, mas esse não deixa de ser uma “rotina” bem comum no fim de um relacionamento.

Quando se gosta sempre vai doer em ambas às partes, mas vai da sua inteligência saber se recuperar. E acho que não existe caminho melhor do que o amor próprio e a reeducação sobre como viver sozinho. Até porque na minha opinião a sinceridade aliada ao bom senso é a formula de um relacionamento inteligente.

domingo, agosto 21, 2011

Como descobrir se ele está apaixonado?

“Ele diz que gosta, mas não parece sabe? Ele está mesmo apaixonado ou só quer me...”

Primeiramente entenda que só vamos nos apaixonar por uma mulher que for realmente especial para nós. E quando alguém é especial a gente respeita, então pode esquecer essa de “Estou apaixonado por você mas não quero namorar agora” ou “Estou namorando mas sou apaixonado por você, não termino por...” isso não existe.

Digamos que um dos primeiros passos para ver se ele não quer só sexo com você é perceber a rapidez com que ele vai direto ao ponto, sejamos mais práticos, algo assim: “Não quer vir aqui em casa hoje?” (Digo, sem ter muita intimidade). Se o cara tiver real interesse ele vai querer te levar para jantar, ouvir tudo o que você gosta de fazer e ainda te observar nos mínimos detalhes.

Dentro disso temos dois tipos de caras apaixonados:

Aquele tipo mais grudento vulgo “pau mole”. Ele não se importa de ir com a sogra num shopping para ajudar a escolher um sofá. Ele só quer ficar contigo e até aperta o bebedor para você tomar água. Na maioria desses casos é um cara sem atitude, mas que encaixa perfeitamente para você que é carente.

Ou aquele cara mais realista que gosta de você, mas não demonstra. Está do seu lado e sabe mesclar bem quando ser engraçado, seguro e protetor. Digamos que ele te passa uma certeza, apesar de não ficar falando “te amo/te adoro” toda hora, você sabe que ele está contigo pois gosta de você. As demonstrações de afeto são com atitudes.

Vamos aos fatos, quando estamos apaixonados...

Gostamos de surpreender, damos presentes sem motivo, gostamos de agradar, te buscar no trabalho e dizer “Preparei uma janta para nós e não aceito não como resposta.”

Queremos conhecer seus amigos e principalmente te apresentar aos nossos amigos, apresentar você a eles e dizer de boca cheia “Essa é a minha namorada”.

Mudamos nossa rotina só para ficar mais perto de você. Fazemos sacrifícios e o reconhecimento de vocês é imprescindível.

Aceitamos ir ao cinema na quarta-feira a noite, mesmo horário do jogo do nosso time. É, nesse nível tem que estar muito apaixonado mesmo. E ainda aceitamos sair com você e as amigas, ficar ouvindo conversas femininas e fazer uma cara de “Não queria estar em outro lugar, suas amigas são fantásticas!”

Obviamente depois de um tempo essa paixão esfria e por isso que eu digo, vá diluindo essa paixão durante o relacionamento, não fale tudo o que você sente sem antes ter certeza. Pegue maturidade no sentimento e ai sim aos poucos você vai se soltando, além de ser mais “sincero e verdadeiro” a outra pessoa se sentirá bem mais especial.

Em resumo, se ele estiver realmente apaixonado você vai saber e principalmente sentir. Você vai sentir-se feliz, preenchida e segura assim, isso que importa. Pare de tentar achar razões concretas para o que é tão gostoso do jeito que é.

Então...

"E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém."

domingo, agosto 07, 2011

Por que não ligamos e damos a devida atenção?

“No começo ele era super atencioso, mas agora que eu estou ficando afim, ele está todo frio. O que eu fiz?”

Primeiramente entendam que na maioria das vezes vocês não são tão especiais como acham que são. Existem várias mulheres no mundo e enquanto não firmarmos um compromisso com você, não devemos nada a ninguém além de respeito e honestidade, não é mesmo?

“Tudo bem, até entendo que vocês não queiram ligar pois não tenham interesse, mas se vocês não vão ligar porque pegam o telefone?”

Nunca sabemos quando vamos precisar, vai que vamos fazer uma festa e precisamos convidar algumas meninas? Vai que do nada deu vontade de sair com você? Na dúvida é melhor pegar para depois não nos arrependermos. Se não tivermos real interesse e pegarmos o telefone vai ser somente para tentarmos algo a mais, até porque fora da balada é bem mais fácil de convencer a chegar aos finalmentes.

Antes de ligarmos para alguma mulher que conhecemos em uma balada pensamos em alguns quesitos como: Se ela fala muito, se vai demorar até chegarmos ao sexo e se vale a pena aguentar a noite inteira para talvez chegar no final e ela te dizer: “Hoje não”. A realidade é que ficamos muito “putos” caso não role o sexo, obviamente entendemos que ela tem TOTAL direito de dizer um não, até porque é cedo, mas isso é uma questão hormonal. (Lembrando que grande parte de tudo isso só acontece quando não existe um real interesse em conhecer a pessoa)

Sei que tudo isso pode até parecer “frio”, mas estou aqui para passar a realidade, certo?

Uma regra básica para descobrir o que o cara realmente quer. Se ele é todo “querido e atencioso” e depois do nada ele perde totalmente o interesse e some, os motivos podem ser:

- Ele já fez sexo contigo e conquistou o que tinha que conquistar
- Ele encontrou outra, mais bonita, mais gostosa e mais fácil
- Enjoou de você

Podemos usar uma analogia bem apropriada para isso: Sabe quando uma criança quer porque quer um brinquedo e fica fazendo de tudo para ganhar e quando finalmente ganha ela acaba nem brincando direito? É, basicamente isso.

Digamos que eu esteja ficando com uma mulher há alguns dias, nada demais mas esteja rolando um clima legal, beleza. Alguns dias depois eu conheço uma outra mulher que muda a minha cabeça, do jeitinho que eu gosto, o que eu faço? Me respondam vocês. Sendo certo ou não é natural do ser humano deixar a outra um pouquinho de lado para curtir esse novo lance e isso faz parte de nós, faz parte da vida.

Uma coisa eu posso garantir, se o cara realmente tiver interesse em você ele não vai ser tão direto, ele vai querer conhecer teus detalhes, teus “nuances” e principalmente teus sonhos, objetivos e vivências. E sinceramente? Acho isso tão mais gostoso de se descobrir do que propriamente só o sexo em si.

E você ainda acha que o cara que te liga só para sair na sexta-feira às 11 horas da noite, está interessado em ouvir se você prefere Veneza ou Paris?

Antes de conhecer um cara e achar que ele está realmente interessado em você, lembre-se que responder um “Eu também” qualquer um sabe responder, agora o difícil é ter realmente interesse no seu conteúdo, então pense bem na seguinte frase:

“Devemos julgar um homem mais pelas suas perguntas que pelas respostas.”  (Voltaire)